Fique Atualizado! Receba no email as atualizações do Pedreirão.
 
 
Destaque

O que um BOM PROJETO deve levar em consideração?

Amigos, seguindo a nossa série nesse post falaremos o que um bom projeto de arquitetura deve levar em consideração.

Conhecer Necessidades e Costumes

Quando vamos construir a nossa casa sempre a imaginamos grande, confortável e completa, mas é a partir dessas premissas que surge o primeiro ponto a ser levando em consideração, que é: o que determina o tamanho de uma casa é o seu uso! Ou seja, como ela será, no futuro, utilizada. Assim, é muito importante o casal fazer a seguinte pergunta: Nós realmente precisamos disso?

Por exemplo, um casal que não gosta de filmes, não precisa de uma sala de cinema. Entretanto eles gostam de cozinhar, logo precisam de uma cozinha maior porque terão mais eletrodomésticos e equipamentos, além de receber os amigos na cozinha. Talvez eles possam até ter uma grande mesa na cozinha e não em uma sala de jantar separada. Conseguiram entender a o raciocínio?

Seguindo essa linha pense em todos os cômodos da casa e se serão necessários e qual o tamanho esperado deles. Não se esqueça de levar o futuro do casal em consideração. Vocês têm ou terão filhos? Lembrem-se que os filhos crescem.

Querem ter um jardim, mas quem de vocês gosta de cuidar de jardim? E a piscina? Vocês gostam de nadar e pegar sol? Na área de churrasqueira… Vocês tem o costume de receber os amigos em casa?

Mas não fiquem preocupados em determinar tudo isso, como já falamos no post A Casa dos Sonhos: O que Preparar Para a Primeria Reunião com o Arquiteto, o desenvolvimento do conceito de como será a casa e o uso dela é uma atribuição do arquiteto que vai fazê-lo a partir do conhecimento da rotina, hobbies, e características do casal. Porém, quanto mais o casal estiver alinhado com as necessidades e características da casa, melhor será o resultado do projeto.

Topografia do Terreno

Outro ponto que um bom projeto deve observar é a topografia do terreno. A busca por fazer um projeto que leve em consideração às características do terreno traz um projeto com mais harmonia e, até mesmo, menores custos. Grandes movimentações de terra e terraplenagem tem um custo elevado.

Orientação Solar

Pense também na posição da casa em relação ao sol. A orientação solar é muito importante. A melhor técnica diz que os quartos recebam a luz solar na parte da manhã e a área de serviço na parte da tarde. Os cômodos com janelas orientadas para o sul não recebem a luz solar e estão sempre na sombra. Posição muito indicada para a sala de TV e os quartos também. Em algumas regiões do Brasil essa orientação poupa até a utilização de ar-condicionado.

Ventos Dominantes

Os ventos dominantes também devem ser observados e a posição das janelas pode até propiciar a ventilação cruzada. Ventilação cruzada é quando as esquadrias estão dispostas de forma que o vento entra por algumas delas e sai por outras, fazendo que o vento cruze a edificação, por isso esse nome.

Por fim, é a aplicação do conjunto dessas premissas aliada a criatividade do arquiteto que vai produzir um projeto de qualidade que, ao término da construção, vai proporcionar o conforto desejado pelo casal.

Abraço a todos!
Pedreirão.

 

Deixe seu recado!

Nome:

Email:

Texto:

Seja o primeiro a comentar!